Cursos Online Atividades para Maternal Cursos Online Cursos Pedagógicos
Cursos Online Atividades para Berçário

sábado, 29 de junho de 2013

05 dicas para trabalhar com tinta com bebês

Ainda falando sobre este assunto, resolvi postar aqui pra vocês 05 dicas super importantes para trabalhar com tinta com os bebês da creche. As sugestões da Nova Escola é indicada para desenvolver o gosto pela arte nos pequenos... Pra realização desta atividade aconselhamos que você trabalhe com tinta comestível, já que os bebês adoram colocar tudo na boca! 05 receitas de tintas comestíveis aqui.

1 - Porque mexer com esta meleca?
Muita gente simplesmente não suporta a ideia de sujar e fazer meleca com a turminha... mas esta sugestão deve ser trabalhada com a turma desde pequenos porque dá às crianças a possibilidade de explorar diferentes materiais e, assim, se aproximar de uma importante expressão artística. Confira 03 receitas de melecas aqui e 05 receitas de tintas comestíveis aqui.

2 - O primeiro contato
Antes de completar 1 ano, o bebê já pode mexer com tinta. Basta ele se sentar sem apoio e segurar objetos com firmeza. Para protegê-lo do frio e de intoxicações, forre o chão com plástico grosso e só prepare tintas com corantes comestíveis, como beterraba e açafrão (é importante ter gosto ruim para não confundir com a refeição). Coloque o preparado em bacias e deixe os pequenos sentirem as texturas. Ponha papéis e pincéis grossos por perto para eles imprimirem seus primeiros traços.

3 - Trabalhando com texturas
Entre 1 e 2 anos, a criança já é capaz de ficar em pé sozinha. Incentive essa postura para pintar, pois ela amplia o campo visual e facilita o movimento de braços e tronco. Como muita coisa ainda é levada à boca, atenção às tintas - que já podem ser preparadas com terra e cola branca. Estimule a experimentação com texturas (afinar com água e engrossar com farinha) e cores (misturar umas às outras). Para produzir suas garatujas, cada um deve ter seu papel fixado na parede na altura adequada.
4 - Desenhos pincelados
A orientação de pintar em pé e cada um com seu papel vale também para os maiores, até 3 anos. Como nessa fase as crianças conseguem discernir o que pode ou não ser levado à boca, o guache pode entrar em cena. Mas tenha a certeza de que as tintas são antialérgicas e reconhecidas como escolares por órgãos competentes. Nessa idade, a turma começa a controlar melhor o gesto e, assim, passa a registrar formas mais elaboradas, como círculos e quadrados.

5 - 1, 2, 3! Todos com a mão na meleca!
O professor tem que participar!!! Prepare tinta na frente da turma: o ideal é propor desafios diferentes a cada dia e, ao final, expor as produções. Em todas as idades, deixe os pequenos experimentarem e se sujarem e, logo após as atividades com tinta, dê um banho nos bebês e leve os maiores para lavar mãos e rosto. Faça uma boa pesquisa sobre ferramentas e produtos apropriados para cada faixa etária e prepare o ambiente antes de cada proposta. Também é seu papel pensar em desafios diferentes e garantir que o trabalho seja contínuo (ou até diário).

Ao final, não se esqueça de expor as produções da turma. Bom trabalho!
Postar um comentário